fbpx

@s Veterinári@s tambêm estão entre os profissionais que podem agregar valor aos seu atendimentos com a Terapia Floral!

Sabe-se que os animais muitas vezes absorvem as angústias de seus tutores e acabam somatizando em problemas de saúde. Não é segredo pra ninguém que os bichinhos se tornam um pouco parecidos em temperamento com as pessoas com quem convivem. Assim, ambientes tumultuados ou tutores ansiosos podem deixar bichinhos agitados, estressados, tristes, agressivos…
Muitas vezes, podemos interpretar nos sintomas do mascote um conflito emocional que alguém da casa está passando e usar florais para essas questões.

Além disso, a Terapia Floral pode ajudar animais estressados com manejo, com a realização de exames, nervosos quanto à ida ao veterinário! Tanto pets quanto animais de criação, podem ser beneficiados com o uso de florais, seja individualmente administrados ou em grupo. Os resgatados, por exemplo, podem apresentar traumas do abandono ou de maus tratos, tendo dificuldade na adaptação à nova realidade ou ao convívio. Animais também sentem perdas, ausências… podem apresentar problemas de comportamento difíceis de serem sanados somente com adestramento quando de fundo emocional.

Médicos Veterinários podem oferecer um tratamento mais integrativo quando consideram, além do diagnóstico patológico, as questões emocionais envolvidas uando florais como recursos complementares aos convencionais.

Os tutores costumam gostar dessa abordagem mais ampliada e seus resultados são muito satisfatórios e rápidos. Os animais, assim como as crianças, não apresentam resistências do ego às mudanças. Eles deixam o fluxo seguir e, assim, os resultados costumam ser muito bons, evidentes e acontecem naturalmente.

Você já pensou nos seus fofos pacientes como seres também integrais, que possuem chakras e meridianos energéticos os quais podem se desequilibrar na convivência com os humanos? Que tal oferecer um recurso especial como a Terapia Floral em suas consultas? Zelar pelo bem-estar animal é fundamental e os tutores agradecem (os bichinhos também).

Nenhuma Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *